Torcida paraense aguarda com expectativa jogo da Seleção Brasileira no Novo Mangueirão

Foto: Alex Ribeiro / Ag. Pará

O Novo Mangueirão será palco da estreia da Seleção Brasileira nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2026. O Brasil enfrentará a Bolívia, em Belém, na disputa que será realizada na próxima sexta-feira (8), às 21h45.

Para o torcedor paraense, as expectativas são as melhores, já que a última vez que a Seleção Brasileira masculina esteve na capital paraense, há 11 anos, venceu a Argentina por 2 a 0 pelo Superclássico das Américas, no Mangueirão. Naquele ano, a torcida participou com intensidade, desde a execução do hino nacional brasileiro até o apito final da partida.

“Jamais vou esquecer aquele dia. Tenho os registros em fotografia e na minha memória. Foi uma experiência incrível”, destaca o torcedor Gabriel Figueiredo, 23 anos, sobre a experiência vivida no último jogo do Brasil na capital paraense, onde teve a oportunidade de entrar em campo com o jogador Ronaldinho Gaúcho.

Para o jogo do dia 08 de setembro, ele conta que já garantiu o ingresso para assistir de perto à Seleção. “São grandes as minhas expectativas, pois terei mais uma chance de estar presente em um jogo da Seleção Brasileira e cantar novamente o hino nacional com milhares de pessoas” disse Gabriel. 

Para o jogo, é aguardado um público de mais de 45 mil pessoas, que em menos de 24h, esgotou quase todos os ingressos para a partida. Quem está com a entrada garantida não esconde a alegria em poder assistir de perto a Seleção ‘Canarinha’ entrar em campo, em uma competição tão importante como as eliminatórias da Copa do Mundo.

“É a primeira vez que eu tenho a oportunidade de ir a um jogo no Brasil, algo que eu sempre acompanhei por uma tela. Estou cheia de expectativas e muita felicidade em poder viver esse momento, ainda mais na minha terra e ao lado dos meus pais. São dois sentimentos empolgantes: ver a seleção e poder vivenciar essa experiência ao lado da família, que nunca foi a um estádio de futebol”, ressaltou a advogada Camila Peixoto, 34 anos. 

O estádio dispõe de 14 rampas de acesso, incluindo também rampas exclusivas para pessoas com deficiência (PcDs); novas bilheterias e novos elevadores; placas de energia solar; sistema de coleta de água da chuva para utilização nos banheiros, mais de 530 câmeras instaladas, que além de realizarem o monitoramento em tempo real, conseguem fazer o reconhecimento facial das pessoas que frequentam os espaços em dias de evento. 

Para o secretário de Estado de Esporte e Lazer, Cássio Andrade, receber um evento esportivo internacional é de extrema importância para o estado. 

“Para nós é uma verdadeira alegria receber a Seleção Brasileira em um estádio que o Governo do Pará modernizou para garantir total conforto e comodidade aos visitantes. Com as mudanças estruturais, o estádio elevou o nível de segurança e de conforto, tanto para atletas e demais profissionais dos eventos esportivos, quanto para o público, atendendo ao padrão Fifa (Federação Internacional de Futebol) e permitindo que estejamos na rota de importantes eventos esportivos”, frisou o titular da pasta.

A comissão técnica e os jogadores da Seleção Brasileira desembarcaram em Belém na próxima segunda-feira (4), para iniciar a preparação. Nos três dias seguintes, a Seleção já tem treinamentos agendados para às 17h30, no Estádio Mangueirão. A imprensa terá a oportunidade de acompanhar 30 minutos das sessões de treino. No último treino, antes da partida contra a Bolívia, no dia 07, os jornalistas terão acesso às atividades no campo por tempo integral.

Já os bolivianos, dirigidos pelo treinador Ricardo Costas, chegam no estado paraense na quarta-feira (06), realizando o treinamento no Estádio da Curuzu. No dia 07 de setembro, as duas seleções farão seus treinamentos no Estádio Olímpico do Pará Jornalista Edgar Proença. Os horários dos treinos serão divulgados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em breve, com liberação de 30 minutos de permanência da imprensa no local.

Gramado – O gramado do Mangueirão é o “bermuda celebration”, um tipo utilizado nas arenas de futebol de países de clima quente, com grama de alto poder de regeneração. Com as melhorias no estádio, o gramado possui um sistema de drenagem que proporciona um melhor desenvolvimento e um dispositivo de irrigação, qie é acionado quando há necessidade. Um gramado nos parâmetros do padrão FIFA, e que já foi implantado nas arenas esportivas de grande porte do Brasil e nos estádios que receberam a última edição da Copa do Mundo.

A área verde vem recebendo tratamento específico e reparos especiais desde o início de agosto, como corte, adubação, irrigação e calibragem dos aspersores de água para que apresente a melhor qualidade possível durante o jogo, cumprindo o calendário de recomendações estipulado pela CBF. 

Acesso ao estádio no dia do jogo – A Avenida Transmangueirão, um dos principais corredores de tráfego para o estádio, terá sentido único três horas antes da partida, prevista para iniciar às 21h45 do dia 8. Após o encerramento do jogo, o fluxo da via seguirá no sentido inverso, propiciando a saída ordenada dos torcedores. 

As informações de vendas do ticket que darão acesso ao estacionamento serão divulgadas no site oficial da CBF. No dia do jogo entre Brasil e Bolívia, 08 de setembro, o acesso ao estacionamento será permitido a partir das 16:30h e os portões de acesso às arquibancadas, cadeiras, cabines e camarotes a partir de 18:30h. 

Nas próximas rodadas, a Amarelinha terá pela frente os peruanos, na terça-feira (12), às 23h, no estádio Monumental de Lima, no Peru.

Por Agência Pará