Prefeitura de Belém anuncia que haverá carnaval na capital com protocolos sanitários

Foto: Kamila Canhedo/Agência Belém

O prefeito Edmilson Rodrigues anunciou que Belém tem condições de fazer o Carnaval 2022. O anúncio foi feito em reunião, realizada na tarde desta quinta-feira, 25, com representantes das Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos de Belém e distritos.

A decisão de realizar o Carnaval é baseada nos dados epidemiológicos da capital paraense que possui mais de 80% de pessoas vacinadas contra a Covid – 19 com a segunda dose e segue imunizando com a dose de reforço. O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, aproveitou para ressaltar que, se for necessário dar um passo atrás, isso será feito.

“Estamos falando aqui de um índice elevado de pessoas vacinadas com as duas doses, semana passada eram mais de 80%. Temos autoridade em dizer, responsavelmente, que hoje podemos fazer o carnaval. Atualmente, temos uma pessoa em leito clínico do município e nenhuma em UTI. Mas queremos que vocês estejam abertos a dar um passo atrás, se for necessário”, informou o prefeito na reunião.

Edmilson Rodrigues disse que o carnaval é uma expressão cultural importante para a cidade. “Reconhecemos a importância do carnaval, sua expressão da arte popular, resistência e por Belém ter um contingente enorme de trabalhadores do mercado informal criando renda por meio dele. Estou muito determinado em fazer o carnaval”.

O presidente da Liga das Escolas de Samba de Belém (ESA), Paulo Roberto, afirmou que todas as agremiações do grupo especial estão de acordo e, se for necessário dar um passo atrás, todos vão colaborar. Além disso, as sedes das Escolas de Samba poderão servir de ponto de vacinação.

“Estamos vendo que Belém está bem com relação à vacinação. Mas se tivermos que dar um passo atrás sobre essa decisão, também vamos dar. A intenção é fazer uma campanha dentro das Escolas de Samba para todos os brincantes se vacinarem, ainda temos dois meses para isso”.

A Fundação Cultural de Belém (Fumbel) seguirá conversando com as escolas e blocos carnavalescos, informou o presidente do órgão cultural, Michel Pinho. “O mais importante de ressaltar é que os dados da saúde, atualmente, mostram que a vacinação está altíssima na capital e podemos fazer um carnaval com segurança. A Prefeitura de Belém vai continuar conversando com os representantes até o período do carnaval”.
88,6% da população acima de 12 anos vacinada

A primeira fase da campanha de vacinação anticovid em Belém começou no dia 19 janeiro de 2020 e encerrou no dia 12 de novembro de 2021. A campanha teve início com a imunização dos profissionais da saúde, que atuaram na linha de frente no combate à pandemia. Depois foram os idosos e demais grupos prioritários até chegar à população geral, com o chamamento por faixa etária.

Ao longo desse período, foram vacinadas 1.139.598 pessoas, correspondendo a 75,6% da população total da cidade, calculada em 1.506.420, e a 88,6% da população vacinável (com 12 anos ou mais), estimada em 1.285.716. Foram vacinadas, com as duas doses, 1.035.503 pessoas, correspondendo a 68,7% da população total e a 80,5% da população vacinável.

Além disso, foram imunizadas, com a terceira dose, 182.632 pessoas, correspondendo a 73,2% do público alvo: idosos, profissionais da saúde e imunossuprimidos.

Esta etapa da vacinação contou com a participação de cinco mil profissionais da saúde, dos quais cerca de mil trabalharam na campanha de forma voluntária.

A campanha contou, ainda, com o apoio de 33 instituições parceiras (escolas, universidades, igrejas, shoppings e etc.), que cederam seus espaços para que funcionassem como ponto de vacinação.

Segunda fase da vacinação contra a covid-19

A segunda fase da vacinação em Belém iniciou no dia 16 de novembro de 2021. O público alvo são pessoas que ainda não receberam a primeira ou a segunda dose, bem como aos idosos (60 anos de idade ou mais).

Além de profissionais da saúde, que receberam a segunda dose até julho de 2021 e que ainda não receberam a terceira dose, assim como para os imunossuprimidos. A terceira dose também está disponível às pessoas que completaram cinco meses da aplicação da segunda dose.

Nessa fase a vacinação ocorre em 50 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidade de Estratégia da Saúde da Família (ESF) da rede municipal de saúde.

Nesses espaços a vacinação ocorre de segunda a sexta, das 9h às 17h. A vacinação ocorre também em dois shoppings da cidade: o Boulevard e o Grão Pará. Nestes espaços a vacinação acontece de domingo a domingo, das 10 às 22h.

Por Victor Miranda, Agência Belém