Policlínica Metropolitana oferece atendimento especializado a crianças de 0 a 2 anos

Foto: Alex Ribeiro / Ag. Pará

Um atendimento que vai além do tratamento de doenças, priorizando o desenvolvimento infantil, é oferecido nas consultas de puericultura na Policlínica Metropolitana, em Belém, para crianças de 0 a 2 anos.

A pediatra da unidade, Gorete Garcia, explica que a puericultura permite um acompanhamento geral do desenvolvimento das crianças nessa faixa etária. Crescimento, desenvolvimento da fala, aplicação de vacinas e realização de exames são alguns dos pontos avaliados pelos profissionais durante as consultas mensais.

Caso a criança esteja com alguma doença, os encaminhamentos a especialistas são garantidos pelo corpo clínico. “Se o bebê nasceu prematuro, acompanhamos a curva de crescimento dele. Fazemos os marcos de desenvolvimento da criança. A parte de introdução alimentar encaminhamos para a nutricionista, quando necessário. Se a criança não fez, ou se fez e deu alguma alteração, solicitamos novamente o teste do coraçãozinho. Se tem atraso na fala, encaminhamos para o fonoaudiólogo. Trabalhamos com uma equipe multiprofissional. Mas é um atendimento geral para a criança, não necessariamente para um paciente doente”, ressaltou Gorete Garcia.

Pós-Covid – As crianças atendidas nas consultas de puericultura fazem parte do Programa Pós-Covid, ofertado pela unidade, e são o principal público dessa especialidade. Os pacientes residem em Belém ou no interior do Estado.

Segundo a pediatra, o acompanhamento dos pacientes garante um desenvolvimento adequado para a criança e ajuda os pais na manutenção da saúde dos filhos na primeira fase da infância. “As mães ficam satisfeitas porque sabem que a criança tem o acompanhamento correto, com os exames necessários (mesmo se for preciso repetir), as doses das vacinas, enfim. É um atendimento completo, que precisa ser feito pelo pediatra e com esse suporte da nossa equipe multi”, ressaltou a especialista.

Pediatria – O Serviço de Pediatria Ambulatorial da Policlínica Metropolitana do Pará oferta consultas médicas, exames, encaminhamento a outras especialidades na própria unidade – como otorrinolaringologia e oftalmologia –, além do acompanhamento de risco cirúrgico.

As crianças também podem fazer exames que dão suporte ao diagnóstico e celeridade e excelência ao serviço de saúde. A unidade realiza exames laboratoriais e de imagem, como tomografia computadorizada, ultrassonografia, endoscopia e colonoscopia.

Serviço: A Poli Metropolitana é administrada pelo Instituto Social e Ambiental da Amazônia (ISSAA), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), e atende adultos e crianças de segunda a sexta-feira, das 7 h às 16 h. A unidade não funciona no regime porta-aberta (livre demanda). O usuário deve passar por uma unidade de saúde municipal e ser regulado pelo Estado para os procedimentos.

Os exames e consultas são agendados também por meio eletrônico, no WhatsApp (91) 98521.5110 ou pelo e-mail [email protected]. É necessário ter em mãos os documentos de identificação, o cartão do SUS (Sistema Único de Saúde) e o comprovante de residência.

Texto: Ascom/Policlínica Metropolitana

Por Agência Pará