Polícia Civil do Pará cumpre mandados de busca e apreensão contra receptação de celulares, em Marabá

Foto: Divulgação PCPA

A Polícia Civil do Pará cumpriu, nesta terça-feira (27), mandados de busca e apreensão em dois estabelecimentos comerciais em Marabá. A ação, denominada Operação Mobile II, teve como foco combater a receptação qualificada de aparelhos telefônicos, e foi coordenada pela Diretoria de Polícia do Interior (DPI) e a 10ª RISP – Superintendência Regional do Sudeste do Pará.

Os locais investigados foram assistências técnicas. As buscas foram motivadas por evidências de que os estabelecimentos comercializavam celulares provenientes de crimes.

“Essa operação se deu a partir do trabalho de mapeamento de celulares subtraídos na região, que apontou a revenda dos aparelhos por essas assistências técnicas. A operação visou apreender os dispositivos para investigar a possível origem ilícita de outros bens nos estabelecimentos. As investigações continuarão até que todos os envolvidos sejam responsabilizados”, explicou o delegado-geral Walter Resende.

Foto: Divulgação PCPA

Durante a operação, foram apreendidos mais de 200 objetos, incluindo aparelhos telefônicos e carcaças, que serão submetidos à análise para determinar sua procedência. A ação também resultou na coleta de outros elementos que auxiliarão na continuidade das investigações.

“A comercialização clandestina de produtos de crime em geral é extremamente prejudicial à sociedade, porque fomenta a prática de crimes de roubo e furto. Sendo assim, é de suma importância ações policiais voltadas à repressão não só daqueles que realizam a subtração dos objetos, como também dos que os comercializam”, pontou o delegado Vinicius Cardoso, superintendente Regional do Sudeste.

Foto: Divulgação PCPA

Por Agência Pará