Pantanal: emoção e responsabilidade na cena de Gabriel Sater com o pai Almir Sater

O encontro de Almir Sater e Gabriel Sater, pai e filho na vida real, que interpretam Eugênio e Trindade, respectivamente, foi exibido na última segunda-feira (9), no  remake da novela “Pantanal” (Globo). O momento repercutiu na web e elevou a audiência do folhetim. Ao comentar o encontro com o pai na trama, Gabriel falou da “emoção” e “responsabilidade” em interpretar o mesmo papel que ele após 32 anos.

Almir deu vida ao peão Trindade na primeira versão da novela, exibida em 1990 na TV Manchete. “Dividir as cenas com meu pai com certeza é um dos momentos mais especiais da novela, e representando um papel que um dia foi dele! Forte emoção e grande responsabilidade”, afirmou Gabriel no Instagram. Nas cenas de “Pantanal”, Eugênio e Trindade se enfrentaram em um duelo de violas.

Ao final, o chalaneiro aprovou o peão e disse que José Leôncio, personagem de Marcos Palmeira, poderia contratá-lo. A atuação foi marcada por muita sintonia e uma forte troca de olhares entre pai e filho atores. O capítulo, que teve o encontro como destaque, bateu recorde de audiência, com 31 pontos em São Paulo e 33 pontos no Rio de Janeiro, de acordo com a assessoria da Globo.

Esse é o marco mais alto desde novembro, quando foi exibido o último episódio da edição especial de “Império” (Globo).

Foto: divulgação