Mulheres empreendedoras se preparam para o Dia das Mães

Foto: Divulgação

O Dia das Mães está chegando e essa costuma ser uma das melhores datas para os pequenos negócios. Antenadas nessa tendência, mulheres empreendedoras participaram da oficina de confeitaria “Minha mãe é um doce”, promovida pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Pará (Sebrae/PA), nessa quarta-feira (24), no Laboratório de Demonstração do curso de Gastronomia da Universidade da Amazônia (Unama), no Campus Alcindo Cacela.

Cerca de 20 donas de pequenos negócios e pessoas que querem empreender fizeram a capacitação, realizada em parceria com a Unama e as empresas Mix Ingredientes e Selecta Chocolate. Na ocasião, as participantes tiveram a oportunidade de aprender técnicas variadas, como montagem e recheio de cake box, decoração e montagem de bolo usando pasta americana e chantily e também formas de preparar taças de sobremesa.

“A oficina deu a oportunidade das donas de pequenos negócios conhecerem técnicas inovadoras na arte da confeitaria e doceria, usando insumos paraenses para, assim, ganharem dinheiro com o Dia das Mães”, disse a coordenadora responsável pelo eixo Alimentos e Bebidas do Sebrae no Pará, Ana Lúcia Santos.

Laíse Souza (36), dona da Lalá Cake Doces e Salgados, é empreendedora há quatro anos no segmento de doces e salgados. Há três meses começou a se especializar em confeitaria. “Essa oficina é uma oportunidade muito boa para nós que somos empreendedoras na área, pois é algo que precisamos aproveitar. Essas técnicas que aprendi irão me ajudar a fazer boas vendas para os Dias das Mães”, adiantou.

“Espero vender bastante para o Dia das Mães, cada ano é uma tendência diferente e eu procuro acompanhar o que está em alta, neste ano é a cake box. Vim aqui para aprender e buscar inovação”, falou Lúcia Felgueiras (60), da Doces Lu Belém e que empreende no ramo desde 2017.

A representante das empresas Selecta Chocolate e Mix Ingredientes, Nadir De Sá, destacou a relevância de capacitações como essa para os pequenos negócios. “Esse tipo de oficina é importante, porque possibilita às pessoas se capacitarem de forma gratuita e ajuda quem ainda é informal a se tornar empreendedora”, destacou.

“O setor de confeitaria é um dos mais importantes impulsionadores da economia, dentro do segmento de gastronomia. Por isso, entendemos que esse espaço de capacitação é de suma importância para aprimorar técnicas e possibilitar crescimento”, pontuou a coordenadora do curso de Gastronomia da Unama, professora Yamila Alves.

Criatividade
A oficina “Minha mãe é um doce” foi conduzida pela cake designer Gianna Serrão, que mostrou a cake box como tendência neste ano. Segundo s instrutora, a cake box é uma caixa em acrílico transparente que alterna camadas de bolo e de recheio. É possível incrementar com lascas de chocolate, praliné de castanha-do-Pará ou outros ingredientes para finalizar de acordo com a preferência do cliente. O praliné é um doce feito com amêndoa ou castanha envolvida por açúcar caramelizado, lembrando um pé-de-moleque. “A oficina é benéfica, pois as confeiteiras poderão oferecer aos seus clientes um alimento que traz uma memória afetiva, isso é fundamental na confeitaria”, resumiu Gianna.

Por Agência SEBRAE de Notícias