Lojistas de shoppings de Belém são incentivados a apostar em bons negócios com a COP 30

Fotos: Paula Lourinho

Cerca de cem lojistas dos seis maiores shoppings centers de Belém e Ananindeua participaram, na noite desta quinta-feira (22), de uma palestra conduzida pelo gerente da Unidade de Negócios de Impacto do Sebrae no Pará, Renato Coelho, que tratou das oportunidades geradas pela realização da 30ª edição da Conferência da Partes (COP) na capital paraense, em novembro de 2025. O evento ocorreu no auditório Albano Franco, da Fiepa.

“Temos casos de empreendedores do ramo de hospitalidade que estavam prestes a fechar as portas, mas que, após o anúncio da COP aqui em Belém, estão com muitos pedidos de reservas, dando um novo fôlego ao negócio”, destacou Renato. Esse foi um dos exemplos práticos de como a realização da conferência já está sendo favorável para quem empreende na cidade, apresentados.

O gerente do Sebrae/PA também fez um apanhado da atuação da entidade em apoio aos empreendedores que querem aproveitar esse ambiente positivo de COP 30 e da experiência de participar da COP 28, ocorrida em 2023.

O representante da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrace/Pará), Tony Bonna, destacou a importância do encontro com os lojistas. “É preciso fortalecer a divulgação que a COP será aqui e seus benefícios. É um evento grandioso e os lojistas precisam conhecer para se prepararem para ele e para o que ele vai deixar para o nosso estado, nossa região”.

Segundo Tony, essa é a primeira de outras ações que serão realizadas com foco nos lojistas dos shoppings . “A intenção é avançar”, destacou.

“A gente pensa que está longe, mas temos menos de dois anos. A COP é um movimento global. E a gente precisa estar inserido nesse contexto. Toda a sociedade tem que participar. Por isso, esse tipo de mobilização, esse evento, é tão importante. Nós não somos espetadores nesse processo”, defendeu o proprietário de um a empresa de informática com loja em um dos shoppings, Celso Eluan.

Sebrae e COP 30

O Sebrae/PA é um dos parceiros estratégicos do governo do Estado na preparação de Belém para a COP 30, com ações que já estão permitindo que os empreendedores de pequenos negócios sejam beneficiados com a realização da conferência no Pará.

A entidade faz parte do Grupo de Trabalho (GT) para a elaboração e implementação do Plano de Formação e Qualificação e Capacitação Profissional para a COP 30, que reúne entidades do setor produtivo, trade turístico e equipes do governo do Estado do Pará, sob a coordenação do Comitê estadual COP 30.

Desde 2023, já foram realizadas ações de capacitação, como cursos em língua estrangeira e oficinas de conhecimento básico para cadastro em aplicativos de hospedagem, eventos de sensibilização do setor produtivo e outros trabalhos.

Ainda no primeiro semestre de 2024, a entidade vai inaugurar uma Agência para atendimentos aos empreendedores das ilhas de Belém, no Combu, focada na COP 30.

Alimentos e bebidas, mobilidade, economia criativa e hospitalidade são as quatro grandes áreas de atuação da instituição, sendo pautadas em três eixos – pluralidade, inovação e sustentabilidade.

Por Agência Sebrae de Notícias PA