Em Barcarena, polícia prende suspeito de matar engenheiro estrangulado com próprio cinto 

A Polícia Civil do Pará prendeu em Barcarena, nordeste do estado, um suspeito de envolvimento na morte do engenheiro Jorge Augusto Figueiras Fagundes, de 30 anos.

Ele foi localizado depois que a polícia descobriu diversas transferências via Pix da vítima para a conta do suspeito. orge Augusto é de Alvorada, no sul do Tocantins. Ele tinha se mudado para o Pará em janeiro e estava desaparecido do sábado, 24.

A suspeita da polícia paraense é de que ele tenha sido estrangulado com o próprio cinto depois de uma briga. O suspeito do crime foi preso em flagrante na terça-feira, 27, pela Polícia Civil de Vila dos Cabanos.

Em depoimento o homem confessou que passou a noite de sábado, 24, para domingo, 25, com Jorge e repassou um dos celulares dele para outra pessoa. O suspeito também admitiu que Jorge Agusto estava morto e indicou onde o corpo estava escondido.

Depois disso, a Polícia Civil recuperou o celular da vítima e encontrou o corpo em uma área da zona rural de Vila do Conde, em Barcarena. A suspeita da polícia é de que o crime teria sido motivado por uma briga entre a vítima e dois homens que bebiam juntos.

E acredita ainda, que o engenheiro tocantinense foi estrangulado com um cinto, mas a causa da morte só será confirmada pelo laudo de necropsia.

Foto: divulgação