Brasil cria 83,2 mil empregos formais em janeiro e salário de admissão cresce

Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, com base em dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), o Brasil criou 83,2 mil empregos com carteira assinada em janeiro deste ano.

O resultado é 0,2% melhor do que o registrado no mês anterior. A região Sul Sul liderou novas vagas de emprego criadas: Sul (+32.169 postos, +0,41% em relação ao mês anterior); Centro-Oeste (+27.352 postos, +0,74%); Sudeste (+18.778 postos, 0,09%); Nordeste (-133 postos, 0%); Norte (-482 postos, -0,02%).

O valor do salário médio de admissão cresceu 4,62%. No mês, os novos contratados receberam, em média, R$ 2.012,78. O aumento é reflexo do novo salário mínimo, que passou a ser de R$ 1.302. Vale lembrar que os dados do Caged se referem apenas às vagas com carteira assinada. O levantamento não capta os dados do trabalho informal.

Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil