Bauducco fatura com biscoitos e abrirá segunda fábrica na Flórida

A Bauducco chegou aos Estados Unidos em 1979 e tinha um objetivo: conseguir que italianos e brasileiros matassem a saudade do panetone durante o Natal. Anos depois do primeiro contêiner da marca chegar em Nova Jersey, a companhia deu um passo importante.

Ela abriu a sua primeira fábrica fora do Brasil, nos Estados Unidos, na cidade de Miami, em 2018 e, até o meio de 2025, quer inaugurar uma segunda fábrica na cidade de Tampa.  Apesar de dominar o mercado de panetones no país, com um market share de 80%, foi com os biscoitos wafer que a marca conseguiu pegar os americanos pela boca.

A marca é a segunda maior empresa no ramo no país e, entre 2022 e 2023, foi a terceira que mais cresceu na categoria de biscoitos doces, de acordo com pesquisa da Nielsen.

O vice-presidente da Unidade de Negócio Internacional da Bauducco Stefano Mozzi explicou que a qualidade dos wafers da marca foram essenciais para a entrada nesse mercado. Hoje a fábrica da companhia emprega 150 funcionários, produz mais de 50 milhões de wafers por ano e abastece os mercados do México e do Canadá.

A empresa não divulgou o quanto pretende investir na fábrica e nem quantos funcionários ela vai ter.

Foto: Bauducco