Home noticias-corporativas Autoconhecimento é alternativa para vencer taxa de desemprego, diz especialista

Autoconhecimento é alternativa para vencer taxa de desemprego, diz especialista

Autoconhecimento é alternativa para vencer taxa de desemprego, diz especialista

14/10/2021 – O autoconhecimento é um mecanismo de empoderamento pessoal, pois visa a revelação das potencialidades e desenvolvimento de pontos de melhoria do profissional

Desemprego no país chega a 14,1%, segundo IBGE, e candidatos buscam alternativas para se destacar e conquistar uma vaga em um mercado de trabalho competitivo e saturado; para especialista, autoconhecimento pode auxiliar no desenvolvimento profissional

Elaborar um bom currículo, procurar por uma vaga, participar de um processo seletivo e ser aprovado. Em tempos de pandemia, completar esta jornada e ser contratado está cada vez mais difícil, como demonstram os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Segundo o órgão, a taxa de desemprego no Brasil chegou a 14,1% no 2º trimestre de 2021, atingindo 14,4 milhões de brasileiros.

Com o grande número de desempregados, aumenta a competitividade. Um exemplo disso é que, apenas no primeiro trimestre de 2021, de acordo com análise realizada pelo InfoJobs, empresa de tecnologia para recrutamento, vagas na área de Administração registraram uma concorrência de 1.875 candidatos por vaga. 

Em um mercado competitivo e saturado, candidatos buscam alternativas para se destacar e conquistar uma chance. Segundo Andrea Macedo de Avila Baez Garcia, mestre em Administração e professora universitária, candidatos a boas vagas de emprego devem ir além da tradicional formação acadêmica e da elaboração de bons currículos.

“Como efeito da crise sanitária, o Brasil e o mundo atravessam um período de turbulência que, infelizmente, levou à saturação do mercado de trabalho. Em um cenário competitivo como este, é muito importante saber se destacar. E um elemento pode ser determinante neste processo: o autoconhecimento”, afirma.

Para professora, autoconhecimento é a chave para o sucesso profissional

Na explicação de Andrea Baez, conhecer a si próprio é uma das habilidades mais importantes para o indivíduo que busca a ascensão em sua carreira.

“O autoconhecimento é um instrumento de empoderamento pessoal, pois requer um olhar para dentro, visando a identificação das potencialidades e dos pontos a serem desenvolvidos, bem dos desejos, preferências, medos e incertezas”, afirma. Para a professora, pessoas com grande autoconhecimento são gentis, empáticas e inteligentes, sendo, assim, “profissionais que todo CEO, empresário ou gerente quer em seu time”.

De acordo com Andrea Baez, quando uma pessoa se conhece, procura por oportunidades de trabalho condizentes com suas habilidades e competências. Assim, quando contratado, torna-se mais produtivo por estar posicionado em um local em consonância com o seu perfil. 

Tal cenário, prossegue, é benéfico não apenas para o trabalhador, como também para as organizações, que contarão em seus quadros com profissionais mais engajados. “Com autoconhecimento, você descobre o que te motiva. Ao mesmo tempo, aprende a se comportar com humildade e ser mais significativo em cada situação”, destaca.

O autoconhecimento, porém, segundo Andrea Baez, não acontece simplesmente: é preciso cultivá-lo. Para a professora, é possível seguir algumas dicas simples para o desenvolvimento da habilidade, como o pedido por feedbacks sinceros e a realização da revisão dos valores essenciais que motivam o profissional.

De acordo com pesquisa recente realizada pela FIA Employee Experience (FEEx), cerca de 88% dos profissionais entrevistados acreditam que avaliações dos superiores contribuem para o desenvolvimento profissional. Já dados da Pulses, empresa especializada em medição de clima organizacional, mostram que profissionais que obtêm feedbacks positivos de seus gestores são 2,4 vezes mais engajados do que aqueles que não possuem tal retorno.

“Neste exercício”, continua Andrea Baez, “o candidato reflete sobre o que lhe faz feliz e ganha consciência do que realmente importa além do salário, podendo pensar e construir um plano de carreira estruturado e alinhado”. Para ela, o autoconhecimento é a fase primordial no processo de autogestão, que possibilita o preparo e o aperfeiçoamento frente ao concorrido mercado de trabalho.

Para mais informações, basta acessar: 

https://www.linkedin.com/in/andrea-baez-m-sc-825a38b/

Website: https://www.linkedin.com/in/andrea-baez-m-sc-825a38b/